Taquicardia com QRS largo: TV ou TSV com aberrância?

October 17, 2017

 

Em diversas situações clínicas, pacientes são admitidos na emergência apresentando taquiarritmias com QRS largo. Na maioria das vezes, estaremos diante de uma taquicardia ventricular (80% dos casos). No entanto, um número razoável de pacientes manifestará a taquicardia supraventricular com aberrância que demanda um tratamento diferente. Lembrando que, em casos de instabilidade hemodinâmica, o tratamento será cardioversão elétrica. 

 

Para diferenciar a taquicardia ventricular da taquicardia supraventricular com aberrância utilizamos os critérios de Brugada. A figura abaixo esquematiza os critérios. Quanto mais critérios utilizamos para o diagnóstico, menor a sensibilidade e especificidade do método.

 

 

 

BRUNO FERRAZ DE OLIVEIRA GOMES

Professor do Curso Plantão Médico

Professor Substituto de Cardiologia - UFRJ

Mestrando em Engenharia Biomédica - COPPE UFRJ

Título de Especialista em Cardiologia - SBC

Título de Especialista em Ecocardiografia - DIC SBC

Título de Especialista em Medicina Intensiva - AMIB

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Como devemos usar os vasodilatadores venosos?

November 20, 2018

1/10
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
INSCREVERJÁ.png