Como definir o perfil hemodinâmico em um paciente com insuficiência cardíaca?

Na avaliação inicial de um paciente com insuficiência cardíaca, é fundamental identificar qual é o perfil hemodinâmico. Dessa forma, poderemos selecionar melhor a terapêutica para compensar o paciente. Utilizamos basicamente 2 parametros para definir o perfil hemodinâmico: congestão e perfusão. Os critérios estão expostos na figura abaixo. Em pacientes congestos, devemos focar no uso de diuréticos e vasodilatadores. Em pacientes mal perfundidos, considerar volume (se estiverem secos) ou inotrópicos (caso úmidos).

BRUNO FERRAZ DE OLIVEIRA GOMES

Professor do Curso Plantão Médico

Professor Substituto de Cardiologia - UFRJ

Mestrando em Engenharia Biomédica - COPPE UFRJ

Título de Especialista em Cardiologia - SBC

Título de Especialista em Ecocardiografia - DIC SBC

Título de Especialista em Medicina Intensiva - AMIB

#perfilhemodinâmico #insuficiênciacardíaca

Posts Em Destaque