Como identificar o local do infarto pelo eletrocardiograma?


O eletrocardiograma é uma ferramenta fundamental na avaliação do paciente com dor torácica. Ele deve ser realizado o mais precoce possível (idealmente até 10 minutos) visando identificar situações com supradesnivelamento do segmento ST que demanda tratamento imediato com reperfusão (trombólise ou angioplastia). A localização das alterações do segmento ST nos auxiliam na identificação do local do infarto assim como da possível artéria culpada. Com isso, o ECG no paciente com dor torácica deve ter 16 derivações (as 12 tradicionais além das derivações à direita: V3R e V4R; e derivações posteriores: V7 e V8).

Segue uma figura que esquematiza como identificar o local do infarto:

BRUNO FERRAZ DE OLIVEIRA GOMES

Professor do Curso Plantão Médico

Professor Substituto de Cardiologia - UFRJ

Mestrando em Engenharia Biomédica - COPPE UFRJ

Título de Especialista em Cardiologia - SBC

Título de Especialista em Ecocardiografia - DIC SBC

Título de Especialista em Medicina Intensiva - AMIB

#infartoagudodomiocárdio #eletrocardiograma

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
INSCREVERJÁ.png